16/02/2017

Concerto de apresentação do novo álbum de Maja Milinkovic

Concerto de apresentação do novo álbum de Maja Milinkovic, «Fado é Sorte»,e de solidariedade com a Cáritas Diocesana de Lisboa, no Salão Nobre do Museu Nacional de Arqueologia, Praça do Império, em Lisboa, no dia 3 de Março, às 21:30h.
Bilhetes disponíveis: mmf.reservas@gmail.com , tlm: 932 993 113 

Preço 12,00€

Reserva e Confirmação obrigatórias.

Dadas as condicionantes da sala, não se garante a disponibilidade de ingressos, no dia e local do concerto.





Aprender latim no Museu

«Aprender latim no Museu», uma iniciativa da Associação Clenardus: Promoção e Ensino das Línguas e Cultura Clássicas e do Museu Nacional de Arqueologia, a realizar a muito curto prazo.

Acompanhe-nos!





14/02/2017

Dia dos namorados



Comemorando o Dia dos Namorados, o MNA apresenta um Lenço de Namorados, da sua pequena, mas interessante coleção de Têxteis. Com o Nº de Inventário ETNO 7028, está disponível on-line através do programa MatrizNet, tendo integrado a exposição “O Ponto de Cruz – a grande encruzilhada do Imaginário” realizada pelo Museu de Arte Popular em 1998.
Trata-se de um lenço em tecido de algodão branco, bordado a ponto de cruz com fios de cores vermelha e azul.
Apresenta ao centro e nos quatro cantos flores e elementos geométricos estilizados, de simbologia amorosa: custódias, cruzes, par de namorados, pombas, cão. Os pombos têm sido identificados como um símbolo do amor e da devoção desde tempos imemoriais, fazendo parte da mitologia grega e romana. 
Numa das lendas, conta-se que a deusa do amor e da fertilidade, Afrodite/Vénus, nasceu numa carruagem puxada por pombas. 
A associação da pomba a Vénus, deusa do amor, é também referida na obra «Sátiras» do poeta e retórico romano dos séculos I-II d.C. Juvenal (VI, 548-552).
Ainda segundo o mito, as Plêiades, que eram sete irmãs, filhas de Atlas, um titã condenado por Zeus a sustentar o céu, e de Pleione, filha do titã Oceano e protetora dos marinheiros, foram transformadas por Zeus em pombas que as colocou no Céu, entre as estrelas, para protegê-las das incansáveis investidas amorosas de Órion. Conotada com a pureza e a simplicidade, é a ave que, no Antigo Testamento, leva o ramo de oliveira a Noé, como símbolo de paz, harmonia, esperança e felicidade. No Novo Testamento simboliza o Espírito Santo.
A pomba aparece sempre ligada à ideia de mensageira e existem várias referências de escritores da Antiguidade Greco-romana aos pombos correio, designadamente em Aristóteles e Plínio, conhecendo-se a existência de pombais fixos e móveis do período romano, pois eram já usados na estratégia militar de suas legiões.
No caso presente, os pombos são, efetivamente, os mensageiros do Amor.
O cão, embora de simbologia milenar, surge-nos aqui muito possivelmente associado à ideia de fidelidade e lealdade, pois é guardião e protetor.
Por sua vez, as silvas também estão associadas na Antiguidade ao amor de Afrodite/Vénus com Adónis. 
Ares/Marte, o deus da Guerra e amante de Vénus não suportou ser atraiçoado e, por esse decide atacá-lo enviando um javali que lhe desferiu um golpe mortal. Também a Mitologia nos diz que que quando Afrodite viu Adónis ferido, pairando sobre a morte, a deusa foi socorrê-lo, tendo-se picado num espinho e seu sangue coloriu as rosas que lhe eram consagradas.
Muito possivelmente aqui representarão as provações do amor.
Rodeando o elemento central do lenço de namorados foi inscrita uma primeira quadra: " BAI LENCO. BEMTOROSO / AMA O. DOMEU. BEM PARAR BAI LENCO. POSSUIROR / UE LV NAO. POS. O LUCAR. Uma segunda quadra é inscrita junto à bainha: " BAI TE. LENCO. BENTUROSO / RESPONDE SAUEFALARPRE / CUNNTAPELA. SAUD. QUE. ISTA / NO PRIMEIRO LOCARNI." Os cantos estão preenchidos com albarradas floridas e silvas. Terminam com bainha decorada com motivos em zig-zag.

Ana Isabel Santos e Filomena Barata

Coro Laudate no MNA

Domingo, no Museu Nacional de Arqueologia, ocorreu mais um espetáculo proporcionado pelo Coro Laudate, desta feita dedicado ao Canto Gregoriando.











13/02/2017

2º Encontro de Guias-Intérpretes, Operadores e Promotores Turístico-Culturais.

Realizou-se hoje no Museu Nacional de Arqueologia o 2º Encontro de Guias-Intérpretes, Operadores e Promotores Turístico-Culturais.
Neste encontro imperou o debate e a troca de ideias no sentido de possibilitar uma gestão eficaz dos fluxos de públicos.







Peça do mês de fevereiro de 2017

O vídeo da peça do mês de fevereiro de 2017, o tesouro funerário do Gaio, apresentado por Mário Varela Gomes, já se encontra disponível no canal Youtube do Museu Nacional de Arqueologia.



10/02/2017

"Museus Comunitários em Portugal e no Brasil - Experiências e aprendizagens"

Realizou-se ontem no Museu Nacional de Arqueologia o encontro "Museus Comunitários em Portugal e no Brasil - Experiências e aprendizagens", no âmbicional to do Projeto #EULACMuseums, e em parceria com o Departamento de Museologia da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

Neste encontro foi possível conhecer experiências de museus comunitários e realizar um debate com todos os participantes.

















Lançamento de livro

Decorreu no Museu Nacional de Arqueologia o lançamento do livro "Síria, do Mediterrâneo ao Eufrates, da autoria de Helena Sintra Delgado, Joaquina Carita, Luís Manuel de Araújo, Nair Alexandra e Natércia Magalhães.

A apresentação da obra ficou a cargo de Luís Raposo.

Interveio ainda o Doutor Jorge Sampaio, aintigo Presidente da República Portuguesa.







Tomada de posse do diretor do MNA

Na presença da Senhora Diretora-Geral do Património Cultural, Arquiteta Paula Araújo da Silva, António Carvalho tomou posse como diretor do Museu Nacional de Arqueologia para o próximo triénio.

A cerimónia decorreu no Salão Nobre do Museu Nacional de Arqueologia.








09/02/2017

2ª reunião com guias-intérpretes

O Museu Nacional de Arqueologia vem por este meio convidar todos interessados para participarem na Reunião com Guias-Intértepes, Operadores e Promotores Turístico-Culturais na próxima 2ª feira dia 13 de Fevereiro às 10h.